Lutas

LUTAS e DEMAIS ATIVIDADES Conheça todas as nossas Modalidades.

  • Muay Thai

    Ou Thai Boxing (Boxe Tailandês) é uma arte marcial originária da Tailândia, onde é conhecida como “a arte das oito armas”, pois caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, estando associada a uma forte preparação física que a torna uma das lutas de contato total em pé, mais eficiente e completa. O método de treino do muay thai além de incrementar a aptidão física geral e combater o sedentarismo oferece a possibilidade de desenvolver força e explosão, flexibilidade ativa, velocidade e excelente resistência cardiovascular, desenvolve um significativo condicionamento físico e mental, concentração e auto-confiança.

  • Jiu Jitsu Brasileiro

    Ou Brazilian Jiu Jitsu, cuja palavra Jiu Jitsu, significa “Arte Suave”, pode ser encarado como esporte e/ou como defesa pessoal, e tem como princípio fundamental, ceder para vencer, usar o peso e a força de seu adversário contra ele mesmo, através do uso do sistema de desequilíbrios, torções e alavancas, permitindo que um praticante mais fraco possa dominar outro mais forte, sem a necessidade do uso de força bruta, o que exige o uso mais eficiente das energias física e mental, aliadas à muita técnica.

  • KickBoxing

    É um estilo de luta, que se refere à um grupo de artes marciais e esportes de combate em pé, que utiliza os chutes (em inglês: “Kick”) e os socos (em inglês: “Boxing”), mas em algumas regras de KickBoxing (Semi contact, Light contact, Full contact, Low Kick, Thai Kick (Agora chamado K-1 rules), é possível ver a utilização também de cotovelos, canelas e joelhos.

  • Aikido

    Ou Aiquidô, é uma arte marcial, frequentemente, traduzido como “o caminho da unificação da energia da vida”, ou “o caminho do espírito harmonioso”. O objetivo é que os seus praticantes possam defender-se a partir do ataque adversário. O Aikido é exercido através da combinação de movimentos atacantes, redirecionando a força adversária, ao invés de combatê-la diretamente. Isto requer uma reduzida força física, uma vez que o aikidoka (praticante de aikido) conduz o impulso atacante dando entrada ao ataque a partir da transformação dos movimentos rivais. As técnicas são complementadas com várias projeções, torções e contusões comuns.

  • Wrestling

    É uma luta de combate corpo a corpo que utiliza técnicas de agarramento, como a luta em clinch, arremessos e derrubadas, chaves, pinos e outros golpes do grappling, em que dois indivíduos desarmados lutam corpo a corpo, com cada um tentando subjugar ou desequilibrar o outro.

  • Luta Livre Esportiva - Escola BUDOKAN

    Ou Luta Livre Brasileira (como é mais conhecida) é um sistema de wrestling-submission, que surge de uma mistura das técnicas da Luta Olímpica estilo greco-romano e estilo livre com as técnicas do Judo, e tem como algumas de suas técnicas mais características, as chaves de pé, de joelho e tornozelo, além de diversas chaves de braço e as mais variadas técnicas de projeção.

  • Boxe Inglês

    Ou pugilismo é um esporte de combate, no qual os lutadores usam os punhos, tanto para a defesa, quanto para o ataque, utilizando também grande movimentação tanto dos pés e pernas como do corpo, como deslocamentos (Jogo de pernas), esquivas, fintas, etc… Hoje é dividio em duas categorias, o Boxe Olímpico ou Amador e o Boxe Profissional, cada um com suas regras específicas.

  • Hapkidô - Defesa Pessoal Coreana

    Ou Hapkido é uma arte marcial coreana especializada em defesa pessoal, e sua base também é muito usada nos exércitos pelo mundo todo, o aprendizado de técnicas de socos, chutes, rolamentos, escapes, esquivas, torções, técnicas de alongamento e respiração, além de englobar técnicas com armas de diversos tipos como bastões, espadas, bengalas, facas, leques. Essa arte marcial também ensina seus praticantes a auto defesa com praticamente qualquer objeto, por ser uma Arte capaz de se adaptar a qualquer adversário.

  • Taekwon-do Tradicional ITF

    É uma arte marcial coreana que utiliza movimentos com pés (chutes) e mãos (socos) para defesa pessoal e técnicas de combate sem armas. É uma arte marcial moderna que busca o aperfeiçoamento do indivíduo de forma plena através da disciplina e de uma verdadeira mudança interior. O foco na luta é a efetividade através de golpes velozes e traumáticos, buscando a vitória com o mínimo de golpes possível. O TKD ainda oferece um leque enorme de técnicas para formação integral de um artista marcial.

  • Krav Magá – Escola Bukan – Defesa Pessoal Israelense

    Krav Maga (Defesa Pessoal Israelense) é um sistema de combate corpo a corpo desenvolvido em Israel, por Imi Lichtenfeld, que envolve técnicas de luta, torções, defesa contra armas de fogo, bastões, facas, agarramentos e golpeamentos;

    Desenvolvido para ser utilizado em situações de sobrevivência, sua filosofia enfatiza a neutralização de ameaças, manobras de defesa, ataques simultâneos e agressão. O Krav Maga é utilizado pelas Forças Especiais de Defesa de Israel e intimamente adotado por organizações de imposição da lei e segurança como Mossad, Shabak, FBI, unidades da SWAT do departamento de polícia de Nova Iorque e Forças de Operações Especiais dos Estados Unidos.

    O Krav Maga não é considerado uma arte marcial muito menos um esporte, já que não possui quaisquer regras. Todos os golpes são treinados com o objetivo de ultrapassar todo e qualquer tipo de situação de violência do modo mais rápido e eficaz, sendo muitas vezes necessários golpes letais.

  • Funcional para Lutas

    Conjunto de exercícios e métodos de treinamento que visam trabalhar os grupos musculares de uma forma complexa favorecendo resultados mais abrangentes. No nosso caso, no momento, o programa é focado no desenvolvimento das qualidades e habilidades físicas próprias de modalidades de luta como Jiu Jitsu, Judô, Luta Livre, Luta Greco Romana, Luta Olímpica, Wrestling, entre outras com características similares.

  • Judô - Equipe GFTeam

    O judô é um esporte oriental, originário do Japão.

    Foi criado por Jigoro Kano, um homem bem a frente de sua época por seus pensamentos.

    A modalidade foi criada para ser praticada por qualquer tipo de pessoa independente de sua idade e limitações físicas.
    Em pouco tempo a arte marcial se espalhou por todo o Japão e pelo mundo, vinda a se tornar um esporte olímpico.
    Trata - se de uma arte marcial que trabalha predominantemente o arremesso do oponente por meio de golpes aplicados com o próprio corpo. Apesar disto é uma modalidade bem completa tendo imobilizações, torções de articulações, estrangulamentos e defesa pessoal.
    Os últimos anos o judô foi considerado o esporte mais completo para ser trabalhado com crianças e adolescentes devido a sua complexidade de movimentos e exigências fisiológicas.
    Durante o processo de aprendizagem das técnicas específicas da modalidade o aluno vai tendo uma série de adaptações no organismo que permite uma grande evolução motora, física e fisiológica. Além destas questões ainda podemos incluir o desenvolvimento psicológico de grande importância para a vida pessoal e social do aluno.

  • CAPOEIRA - Grupo Artte Nobre

    Capoeira e Capoeiragem

    Basicamente falando, a Capoeira é uma manifestação cultural que mistura luta e dança e acredita-se que surgiu inicialmente entre escravos fugitivos que se agrupavam em quilombos, como forma de defesa.
    Muitos definem a capoeira como um jogo de agilidade pessoal, e alguns erroneamente ou não acreditam que o seu surgimento aconteceu na cidade do Rio de Janeiro. Esta tese parece não ter total consistência nem aceitação, entretanto, dizer que foi no Rio de Janeiro que a Capoeira mais se proliferou e ganhou fama parece ser uma afirmação razoável e aceitável.

    A Capoeira na história do Rio de Janeiro

    Antigamente era também chamada de capoeiragem e talvez tenha sido a forma de exercício físico de lazer ou ginástica popular mais praticado entre a população do Rio de Janeiro nos século 19 e início do Século 20.
    A capoeiragem era vista como algo que exigia destreza e falta de medo, e muitos praticantes se tornaram conhecidos na história do Rio.
    Antigamente, quem praticava a \"capoeiragem \" era o \"capoeira\". Segundo o autor Mello M. Fillho, o \"capoeira\" geralmente era do sexo masculino, e começava a praticar a o jogo da capoeiragem entre os 10 e 12 anos.
    Os golpes mais característicos eram a rasteira, o rabo-de-arraia, o corta-capim e a cocada.
    Ao contrário dos dias de hoje, onde a capoeira é vista com bons olhos, em tempos passados não era muito bem vista.
    A capoeiragem era considerada uma forma de exercícios objetivando proporcionar capacidade de agressão e ataque, dando à quem dominasse esta técnica uma grande capacidade de responder à afrontamentos.

    Os Capoeiras e Seu Estilo

    Os capoeiras andavam e vestiam-se de forma típica e marcante. Geralmente caminhavam gingando, com olhar penetrante e observador, sendo uma atitude de defesa constante contra todos que viam. Quanto à roupa, costumavam usar chapéu de feltro desabado, paletó tipo saco e andavam com ele desabotoado, usavam um grande lenço no pescoço, calças largas e de boca estreita, sapatos ou botinas de bico comprido.
    O capoeira vestia-se de forma característica, calças largas, mas de boca estreita, paletó saco quase sempre desabotoado, lenço grande à volta do pescoço, sapatos ou botinas de bico comprido,
    Os capoeiras costumavam andar em turmas chamadas de maltas (turmas de pessoas de baixa renda ou até malandros), e estas turmas tinham apelidos de acordo com os bairros ou locais de origem.
    Entre as turmas que ficaram mais conhecidas estão \"Flor da Gente\" da Glória, \"Espada\" da Lapa, \"Guaiamú \" da Cidade Nova e \"Monturo\" de Santa Luzia, \"Cadeira da Senhora\" do área do Campo de Santana, \"Três Cachos\" de Santa Rita, \"Franciscanos\" de São Francisco de Paula entre outros.
    Estas turmas, muitas vezes eram contratadas por políticos para provocarem tumultos ou pertubar as eleições. Às vezes saiam à frente de procissões e bandas de música. A junção ou encontro no mesmo local entre polícia e turmas de capoeira geralmente acabava em conflitos sérios e sangrentos.

    A Proibição da Capoeiragem

    Nos primeiros anos da República, durante o primeiro governo presidencial do Marechal Deodoro, ouve uma perseguição aos capoeiras e o Chefe da Polícia acabou com as maltas. Uma lei de 1890 estabelecia penas de 2 a 6 meses de trabalho forçado na Ilha de Fernando de Noronha para quem praticasse a \"ginastica\" então conhecida como capoeiragem. Nesta época acabou-se com a capoeiragem e as maltas e nomes famosos e anteriormente temidos até pela polícia como um certo Cyríaco entre outros que foram presos.
    A repressão foi tão grande que inclusive um Juca Reis, capoeirista e filho de um certo Conde de Matosinhos, dono de um jornal de grande circulação chamado \"O País\" também foi preso e mandado para Fernando de Noronha. Como o jornal apoiava Deodoro, o capoeira\"gente fina\" foi logo anistiado por ser filho de um \"figurão\" e embarcado para Portugal.

    A Primeira luta de Vale Tudo ?

    Ciríaco, antes temido pela polícia, depois de passar por Fernando de Noronha voltou ao Rio e trabalhava no porto, como estivador de uma empresa de café. Em 1909 este protagonizou um episódio de luta arranjada entre ele e um campeão japonês de Jiu-Jtsu que se encontrava no Rio fazendo demonstrações. O vencedor da luta foi Cyríaco que finalizou o combate com um rabo de arraia.

    A Capoeira à Serviço da Polícia e de Sua Majestade

    A polícia da Corte do Rio de Janeiro, possuia \"capoeiras\" ou lutadores de capoeiras no quartel do bairro de Mataporcos, atualmente bairro do Estácio. Este quartel ficava no início da Rua Hadock Lobo, e lá praticava-se a capoeiragem.
    O escritor Manuel António de Almeida cita o Major Vidigal, um personagem real em Memórias de Um Sargento de Milícias. Segundo dizem, Vidigal era um hábil capoeirista.
    No ano de 1828, no antigo Róssio Pequeno, hoje chamado de Praça Onze (pouco resta deste local em função da abertura da Av. Presidente Vargas), batalhões mercenários que se sublevaram constituídos por alemães e holandeses foram derrotados pelos capoeiras.
    Durante a Guerra do Paraguai, durante o assalto à ponte de Itororó (Batalha de Itororó, 1868), o 31º Batalhão de Voluntários da Pátria, formado pela polícia da Corte, atacou contra os paraguaios utilizando apenas golpes de sabre e luta de capoeira, pois as munições estavam esgotadas.

  • Karatê Shotokan

    O KARATE SHOTOKAN é uma arte marcial desenvolvida pelo mestre Gichin Funakoshi baseado em três pilares KIHON (treinamento isolado de técnicas específicas), KATA (sequência pré-definida de movimentos de ataque e defesa que simulam uma luta) e KUMITE (a luta em si). O Karate é fundamentado em golpes de socos, chutes e quedas, como arte marcial tem sua máxima em finalizar a luta através de um golpe único, já na modalidade esportiva existem várias confederações, federações, escolas e estilos que criam suas próprias regras para a pontuação, como filosofia a busca é pela defesa pessoal e não uma forma de agressão trazendo assim a máxima “karate NI Sente Nashi”, ou seja, No Karate não existe atitude ofensiva.

  • Karatê Shinkyokushin

    Após a morte do Mestre Matsutasu Oyama em 1994, a organização IKO (International Karate Organization), fragmentou-se e vários discípulos diretos do Mestre Oyama formaram seus grupos usando o nome kyokushin.
    No entanto os discípulos mais velhos e próximos do Mestre mantiveram o trabalho tradicional ortodoxio do Kyokushin, dando continuidade e segmento inclusive nos campeonatos mundiais.
    E a IKO era presidida pelo Sr. Yukio Nishida, entitulada de Oyama´s family, pois havia aval da Sra. Oyama,
    Visto que estavam sendo confundido e outras pessoas auto se denominando como IKO1, IKO2, etc. Também tinham autorização da Sra Oyama para o uso do nome Kyokushin, como também dos emblemas e kanjim.
    Após assembléia geral realizada no ano de 1999 com os alunos diretos do Mestre Oyama, Shihan Kenji Sampei, Shihan Kenji Midori, Shihan Isuharu Fujihara, Shihan Issao Kobayashi, Shihan Kazuo Miyoshi entre outros, decidiram pela alteração do nome e kanjim para não mais serem confundidos com a outras organizações.
    Em 2003, oficialmente divulgado para
    o mundo no 8º Campeonato Mundial, realizado em Tokio, de fato e de direito nasce o SHINKYOKUSHIN, o novo caminho da verdade.
    Atualmente presidida mundialmente a WKO (World Karate Organization) por SHIHAN KENJI MIDORI.
    E nos dias atuais, é a organização de karate de contato mais forte do mundo onde já se tem sede em mais de 80 países, e no Brasil a organização Shinkyokushin (Brasko – Brasil Shinkyokushin Karate Organization) é presidida por Shihan Denivaldo Carvalho.
    Embora Funakoshi nunca tivesse se afastado dos valores nos quais acreditava e vivia, as necessidades da guerra fizeram com que alguns mestres que ensinavam o Karate esquecessem a fundamentação espiritual.
    No período da segunda guerra Mundial, os soldados e a população japonesa, eram treinados por mestres de Karate para resistirem ao ataque aliado. Tal fato determinou a proliferação de vários estilos, os mais diversos, incluindo Matsutatsu Oyama que após praticar com Mestre Funakoshi e após a segunda guerra mundial Oyama resolveu se dedicar somente ao Karate, fundando o Karate de contato kyokushin.
    A incrível capacidade dos pequenos japoneses defenderem-se sem armas, despertou o interesse dos militares ocidentais. Após a guerra a emigração dos japoneses e o interesse das tropas de ocupação em adquirirem as técnicas, foram os responsáveis pelo inicio da difusão do Karate pelo mundo.
    Podemos dizer que, o Karate é o resultado das observações feitas pelo homem da luta dos animais, que por sua inteligência, adaptou as características mais marcantes às suas possibilidades para melhor desempenho e também do acrisolamento, adaptação e aperfeiçoamento dos diferentes gêneros de luta. Cada geração, cada grupo cultural e o estudo científico pelos quais passou, participaram do processo de construção do Karate-do, transformando-o na arte que conhecemos hoje. E, pela nossa participação, continuarão evoluindo… Homem e Arte.
    Atualmente existe várias organizações de karate de contato, e a WKO – World Karate Shinkyokushin Organization, presidida no Japão pelo Shihan Kenji Midori, como presidente da América do Sul, Shihan Denivaldo Carvalho e no Brasil, shihan Dulce Nakao.

  • SAMBO (VALE TUDO RUSSO)

    O SAMBO é uma arte marcial hibrida de origem russa, que já existia muito antes de artes marciais mistas (MMA). Possui quase todos os movimentos que se possa imaginar e técnicas englobando todas as distâncias de combate: punhos, cotovelos, joelhos, pernas, quedas, projeções, raspagens, estrangulamentos, chaves e todos os tipos de submissões.

    SAMBO (em sua versão esportiva) é uma das quatro principais formas de Wrestling amador competitivo praticadas hoje, juntamente com a luta Greco-Romana, estilo livre de luta (luta olímpica) e Judô. É governado mundialmente pela FIAS e no Brasil pela CBAS, Confederação Brasileira Amadora de SAMBO.

    A palavra SAMBO é um acrônimo em russo para “САМозащита Без Оружия“, САМБО, ou “SAMozashchita Bez Oruzhiya“, SAMBO, que significa defesa pessoal sem armas.

    SAMBO nasceu da necessidade de aparelhar com técnicas de combate as forças armadas soviéticas. Equipes de especialistas surgiram para melhorar o sistema de combate, baseados em viagens aos países de origem de artes marciais consideradas eficientes e em conhecimentos prévios de militares que estiveram nesses países. Estas equipes de especialistas pesquisaram artes marciais de diversas partes do mundo como Japão, China, Europa e Mongólia para integrá-los em um único sistema com uma mistura de um total aproximado de 25 diferentes lutas das repúblicas soviéticas e da estepe russa. Alguns dos sistemas de combate regional incluíam Tuvan Khuresh, o mongol Khapsagai e Bökh, Chuvash Akatuy, o Chidaoba georgiano, o Kurash Kokh armênio e Usbeque. O resultado das pesquisas foi uma seleção das melhores técnicas de disciplinas como Judô, Aiki-JuJutsu, Jiu-Jitsu, Boxe Francês (Savate), e diversos tipos de Kung Fu/Wushu como Shuai Jiao (forma de Wrestling criado pelos chineses), que se fundiram com as lutas nativas e também técnicas de esportes olímpicos como o Wrestling, sempre testando essas disciplinas com base nos conhecimentos de anatomia e dinâmica corporal, o que fez surgir golpes e técnicas especificas de SAMBO.

    Mas o SAMBO não surgiu assim tão linearmente, como pode parecer à principio. Duas variantes principais iniciaram o desenvolvimento do SAMBO e depois foram unificadas em um único sistema e, portanto, disputam o título de fonte do SAMBO.

    O SAMBO originou-se da junção de técnicas de autodefesa criadas ao mesmo tempo, porém independentemente, por Vasili Oshchepkov (1892-1937) e Viktor Spiridonov (1881-1943), técnicas estas com o mesmo nome (SAMBO) porém com estilos diferentes. O estilo proposto por Spiridonov, um notório pesquisador de lutas, possuía raízes na luta Greco-Romana, lutas eslavas, Aiki-jiu-jitsu japonês e diversas lutas chinesas. Spiridonov foi o primeiro a desenvolver técnicas relacionadas ao SAMBO.

    A influência Oshchepkov eram os Aiki-jiujitsu, Tenjin Shin’yo Ryu e Kito Ryu, além do Judo. O estilo proposto por Oshchepkov é o que mais se assemelha ao SAMBO atual.

    Anatoly Kharlampiev (1906-1979), aluno de Oshchepkov, aprimorou o estilo proposto pelo mestre, compilando ainda as técnicas de Spiridinov. Foi também o responsável pelo reconhecimento da arte marcial junto ao comitê de esportes da URSS. Por suas contribuições técnicas e políticas, é reconhecido, por vezes, como criador do SAMBO contemporâneo.

    Entretanto, não há um consenso universal sobre a existência de um criador único do SAMBO.

    SAMBO NO BRASIL:

    O SAMBO foi trazido para o Brasil graças ao trabalho do Sr. Carlos da Rosa Maia (Presidente da CBAS) e o Sr. Marcelo Capano (Secretário Geral da CBAS), membros fundadores e dirigentes da Confederação Brasileira Amadora de SAMBO (CBAS), com a ajuda dos demais membros Marcus da Rosa Maia (Tesoureiro da CBAS), Pedro Carlos Moreira (Vice Presidente da CBAS) e Marcus de Campos Albuquerque (Relações Públicas da CBAS).

    Essa campanha começou em 2007 com a parceria entre o Sr. Marcelo Capano e Carlos Maia, que representaram de forma brilhante o Brasil na Copa ALBERT ASTAKHOV, na Venezuela. O trabalho concretizou-se em 2008, quando houve a primeira participação do Brasil em um Campeonato Mundial, com o atleta Marcus de Campos Albuquerque, do Rio de Janeiro, em St. Petersburgo – Rússia.

    Nesse mesmo evento o Presidente da FIAS, o Sr. David Rudman, reconheceu o Brasil como membro da FIAS (Federação Internacional Amadora de Sambo) entregando o certificado de membro ativo ao Presidente da CBAS, Carlos da Rosa Maia.

    A CBAS é, também, membro fundador da Pan American Sambo Federation – FEPAS, e membro da International Sambo Federation – FIAS.

Professores

  • Raphael Souza - Taekwon-do Tradicional ITF

    4º Lugar - Luta - Copa Mercosul de Taekwon-do 2009
    3º Lugar - Forma - Copa Mercosul de Taekwon-do 2009
    Ouro - Luta - Campeonato Nacional de Taekwon-do ITF 2009
    Prata - Forma - Campeonato Nacional de Taekwon-do ITF 2009
    Bronze - Luta - Campeonato Nacional de Taekwon-do ITF 2010
    Bronze - Forma - Campeonato Nacional de Taekwon-do ITF 2010
    Árbitro - Campeonato Carioca de Taekwondo-ITF 2011
    Árbitro - Campeonato Carioca de Taekwondo-ITF 2012
    Árbitro - Campeonato Carioca de Taekwondo-ITF 2013
    Árbitro - Campeonato Carioca de Taekwondo-ITF 2014

  • Rony Dias - KickBoxing - Muay Thai - Boxe Inglês

    Campeão Mundial Absoluto modalidade Knockout (Low Kicks) Chile 2012;
    Cmapeão Mundial categoria 70Kg modalidade Knockkout (Low Kicks) Chile 2012;
    Campeão Mundial modalidade semi contact (Mundial aberto);
    Campeão Mundial Aberto 2008 (Argentina);
    Campeão Mundial Sanshou 2003;
    Campeão I Europeu Desafio França de Muay Thai;
    BI Campeão Panamericano de KickBoxing;
    Penta Campeão Sulamericano de KickBoxing;
    Campeão Sulamericano de Karatê;
    Hexa Campeão Brasileiro de KickBoxing;
    Campeão Brasileiro de Karatê;
    Campeão Brasileiro de Kung Fu (Sanshou);
    Foi Campeão Estadual 32 (Trinta e duas) vezes, somados os títulos em KickBoxing, Karatê, Kung Fu, Muay Thai e Boxe Inglês;
    Faixa Preta em KickBoxing, Karatê, Taekwondo, Kung Fu(Boxe Chinês), Grau Preto em Muay Thai e Professor licenciado em Boxe Inglês;
    Possui em seu cartel de lutas, em toda sua carreira, até agora, 406 (Quatrocentas e seis) lutas;
    Presidente da COBEC - Confederação Brasileira de Esportes de Combate, entidade representativa com jurisdição nacional, CNPJ: 07.193.309/0001-94;
    Mestre e criador da Equipe ESPORTES DE COMBATE;
    email: esportesdecombate@yahoo.com.br
    Facebook: Rony dias dos reis

  • Eduardo Garcia - Hapkidô - Defesa Pessoal Coreana

    Faixa Preta 2º Dan de Hapkido pela Federação Brasileira de Hapkido Tradicional - 2009
    Faixa Preta 2º Dan de Karate-do pela Federação Brasileira de Karate-do e Kobu-do-2004
    Faixa Preta 2º Dan de Kobu-do pela Federação Brasileira de Karate-do e Kobu-do-2004
    Bacharel em Educação Física – (Faculdade Celso Lisboa) - 2010
    Faixa Preta de Kali Silat – (kombato – Ltda) -2010

    Qualificações e atividades complementares

    FAIXA VERDE DE HAIDONG GUNDO (Fedração Brasileira de Hapkido Tradicional)
    FAIXA AZUL 2º GRAU DE JIU JITSU (Evaristo Jiu jitsu)
    CURSO DE COMBATE COM FACAS (gun sight)
    CURSO DE PONTOS DE PRESSÃO (Federação Brasileira de Hapkido Tradicional
    Estágio de combate corpo a corpo (1º Batalhão de Guardas)
    Curso de defesa contra armas de fogo (decaf) – kombato ltda

    Maiores informações através do seu site: www.hapkidojinjungkwanrjequipegarcia.com

  • Claudia Soledad Cabrera - Wrestling

    Formação:
    Há 13 anos praticante de Wrestling e Luta Olímpica, sendo 10 anos de forma profissional.
    Faixa Marrom de Judô;
    Faixa Roxa de Jiu Jitsu Brasileiro;
    • Educação Física - Professora de Ensino Fundamental
    Instituto superior “Antonio Ruiz de Montoya”
    • COMPETIDORA E TREINADORA DE WRESTLING E LUTA OLIMPICA.
    • PREPARADORA FÍISICA PARA ESPORTES DE COMBATE.

    Preparadora física de esporte de combate a nível internacional, com alguns atletas em destaque:
    JUDO: Mariana LOPEZ (Seleção argentina, atual medalhista: prata nos jogos sul-americanos)
    JIU JITSU:MICHELE TAVARES GANHADORA DE SELETIVA DO ADCC.
    JIU JITSU: 4 alunas (3 campeãs mundiais) no Mundial Abu Dabi – Arábia.
    LUTA: Camila FAMA (Seleção brasileira).

    Preparadora física nos Emirados Árabes, Abu Dabi.

    Títulos esportivos (luta olímpica):
    • Campeã Argentina de luta olímpica seis títulos: 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2011.2013,2014
    • Vice campeã sul-americana 2011.
    • Tri campeão dos jogos abertos 2009, 2010, 2012 .2013,2014
    • Tri campeã da Copa Carioca: 2009, 2010, 2012.
    • campeã da Copa Budokan: 2008, 2009, 2010,2013,2014 (luta livre).
    • Campeã da Copa da Republica 2010.
    • Campeã da Copa Internacional Brasil 2011.
    • Quinta colocada na Copa Canadá 2012.

    CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO:
     Recreação infantil:
    Organizado por professores do curso de Educação Física e ministrado por professores de Santa Fe, apoio: Ministério de Cultura e Educação –2002.
     Curso de aerobic e step:
    Capacitação para ministrar aulas de aerobic, step, pop Dan Local Music by Bars a Workshop de música.
     Curso de iniciação ao atletismo:
    Apoio: Ministério de Cultura e Educação.
     Curso sobre maltrato infanto-juvenil:
    “O DOCENTE COMO AGENTE PROTETOR” (área Psicologia Educacional)
     Curso de violência familiar
     Curso de atualização em ciências do exercício e do esporte:
    Fisiologia do exercício e do treinamento esportivo, aspectos nutricionais aplicados a diferentes disciplinas esportivas.
     CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ESPECIAL:
    As contribuições da psicomotricidade em nível inicial, Fundamental comum e especial e na iniciação esportiva.
     CURSO DE TREINADOR DE LUTA OLIMPICA:
    FEDERAÇÃO ARGETINA DE LUTA OLIMPICA. 2005, 2008.
     CURSO DE DEFESA PESSOAL:
    FEDERAÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL DE JUDÔ.
    CURSO DE PREPARADOR FÍISICO PARA ESPORTE DE COMBATE - SÃO PAULO.
    CONGRESO ARGENTINO DE MEDICINA DO ESPORTE E CIENCIAS DO EXERCICIO:
     SIMPOSIO INTERNACIONAL DE ATIVIDADE FISICA, SAUDE;
     SIMPOSIO DE FISIOLOGIA DO EXERCICIO E TREINAMENTO ESPORTIVO;
     SIMPOSIO INTERNACIONAL DE PSICOLOGIA DO ESPORTE.
    Simpósio internacional de força, potência e velocidade muscular: Para esporte competitivo e população de Recreativos – sedentários.
    Simpósio de traumatologia, quinesiologia e reabilitação de lesões esportivas.
     Conferências:
    • Medidas preventivas e transtorno de conduta.
    • Transtorno de aprendizagem por déficit de atenção e hiperatividade.

    Locais de treinamento:
     ARGENTINA.
     BRASIL.
     CUBA.
     CANADA.
     MEXICO.
     EMIRADOS ÁRABES UNIDOS.

  • Flávio Moura - Muay Thai

    Grau Preto de Muay Thai, desde 2000, professor desde 1998, quando ainda era instrutor Grau Azul Escuro.

    Formado como Grau Preto pela mais antiga entidade de Muay Thai do brasil e mais famosa pela quantidade de atletas casca grossa, a CBMT (Confederação Brasileira de Muay Thai). Seu mestre foi o Alex Gasé, e se formou pela academia Boxe Thai, do falecido Grão Mestre Luiz Alves.

    Atualmente tem 8 alunos formados em Grau Preto.

    Lutou 03 Campeonatos de expressão de Muay Thai, depois passou a competir somente no Vale Tudo e posteriormente no MMA.

    VITÓRIAS AO LONGO DA CARREIRA:

    Campeão do 1º Torneio Marcos Ruas de Muay Thai – 26/03/1997 – RJ.

    Campeão da luta alternativa 1º Vale Tudo de Inverno de Campos do Jordão 26/07/1997 – SP.

    Campeão do Internacional Vale tudo Championship=IVC(11) – 28/04/1999 Torneio de 8 lutadores Res. Maceió.

    Campeão Intercional Vale Tudo Chapionship = IVC(13) Título Mundial Peso Leve 26/08/1999 – SP.

    Campeão do torneio Heroes-1 - 24/07/2001 – Niterói – RJ.

    Campeão do torneio Heroes-2 - 30/07/2001 – Teresópolis – RJ.

    Campeão da Super Luta Brasilians Gradiators-1(SP) 13/01/2001.

    Campeão da Super Luta do Meriti Open de Vale Tudo – 20/05/2003 – RJ.

    Campeão do Bittet Combat – 3(Natal) 01/04/2004

    Campeão do Papucaia Figth 1 – 14/09/2004

    Campeão do Mega 12 – Teresópolis – 09/07/2005

    Campeão do Deep Japão – 10/10/2006.

    Campeão do Fury Figth 3 – 19/05/2007 – SP

    Campeão Top fight night 88 -15/03/2011

    Campeão mma contra dengue- 1 27/11/2011

    Campeão do mma contra dengue -2 04/03/2012

    Campeão do 1ºencontro figth 05/05/2012

    CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO:

    PMERJ – BOPE – 6º CURSO DE TESTE DE LUTA DE OPERAÇÕES ESPECIAIS .CATEGORIA (C)
    PARA OFICIAIS E SARGENTOS COesp 2001.

    PMERJ – BOPE – 12º CURSO DE TESTE DE LUTA DE OPERAÇÕES ESPECIAIS .CATEGORIA (B) PARA OFICIAIS E SARGENTOS COesp 2002.

    PMERJ – BOPE – CURSO DE COMBATE CORPO A CORPO COesp 2008.

    FLAVIO LUIS DE MOURA POVOA
    33 anos – 1,80m – 85Kg

    CONTATO PARA AULAS PARTICULARES DE MUAY THAI, MMA e SUBMISSION, Tels.: 2504-3902 / 99168-6584

  • Alberto Ferreira - Aikidô

    Prof. Alberto ministra aulas desde 1981, conciliando outras atividades paralelamente, de diferentes naturezas. Ajudou e participou das aulas no templo Oomoto em Jandira, SP, e deu aulas na Academia do sensei Shikanai ainda em Niterói.

    Hoje vive exclusivamente do Aikido, sendo um dos membros fundadores do A.R.J. Aikido Rio de Janeiro. É 5º dan de Aikido direto pela Fundação AIKIKAI (Tóquio, Japão) e pelo Sensei Shikanai direto desde da Faixa Branca.

    Paralelamente à atividade de ensino do Aikido, o Prof. Alberto desenvolveu, em parceria com o Sensei Shikanai,
    uma incrível habilidade, tornando-se Artesão Armeiro.
    Confecciona armas para treinamento de Aikido (bokkens, shotos, Jos, Tantos). Todas as peças passam por rigorosos testes de qualidade, sendo avaliadas por ninguém menos que o próprio Sensei Shikanai. Tem sua
    habilidade na fabricação destas armas reconhecida internacionalmente. Exporta para todos os países e atende a todos os estilos e modelos de armas de Aikido, Jodo, Kendo. Também confecciona Hakamas e Doguis (Kimonos) de excelente qualidade.

    Prof. Alberto Ferreira ministra aulas em vários Dojos e diversos locais no Rio de Janeiro e Grande Rio, como por
    exemplo em Niterói, que é o único diretamente supervisionado pelo Sensei Shikanai, tendo seus alunos o privilégio de ter contato e instrução mensal direta do Sensei em aulas exclusivas para os membros da A.R.J.

    Com seu Aikido vigoroso e sua discipilna rígida, é uma pessoa carismática, de muito caráter, e querido por
    todos os seus alunos. Contrubui muito para a divulgação do Aikido, e na observação de todas as suas tradições
    mais antigas.

    Completou no ano de 2008 os seus 30 anos de prática do Akido, todos estes diretamente ligados e fiéis ao seu
    professor e seus alunos.

    Maiores informações através do seu site: www.albertoaikidorj.com.br

  • Gustavo Vidal - Aikidô

    Faixa Preta 2º Dan!!!

    Graduado em Design Gráfico, teve seu primeiro contato com as artes marciais através do karate, na infância. Durante sua adolescência, praticou intensamente a arte brasileira da capoeira, sendo aluno graduado junto ao grupo do Mestre Camisa, no Rio de Janeiro.

    No início de sua juventude o Prof. Gustavo Vidal conheceu o Aikido, onde permanece aprimorando-se até hoje, como aluno direto do Prof. Alberto Ferreira, há cerca de 15 anos.

  • Luiz Fernando Batista - Jiu Jitsu Brasileiro

    Faixa Preta de Jiu Jitsu e Faixa Roxa de Judô, professor responsável pelo Jiu Jitsu da Equipe LFTeam/GFTeam e sócio gerente do CTAM ARENA da LUTA.

    Começou a treinar Jiu Jitsu em 1994 na Academia Profit, com o Professor Alexandre Ferreira, indo até a faixa roxa, após a mudança do seu professor para outro estado em 2000, se transferiu para a Academia do Professor Orlando Araujo, no Rio Comprido, e passou a ser treinado por ele e pelo professor Lúcio Flávio, tanto no Jiu Jitsu como no Judô, onde se graduou faixa preta em Jiu Jitsu em 2007 e faixa roxa em Judô, no mesmo ano.

    Em 2001, foi convidado, ainda como faixa roxa e com total aval do seu antigo professor Alexandre Ferreira, à dar aulas na Academia Profit, onde havia começado a sua trajetória no Jiu Jitsu e sua primeira experiência como professor, permanecendo até 2004.
    Também em 2004 criou a sua Equipe, LF Jiu Jitsu ou também conhecida como LFTeam e de lá para cá, deu aulas em várias academias e organizações, dentre elas: SEBRAE CENTRO, ASSOSSIAÇÃO DOS EMPREGADOS DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO (Dentro da Academia LEBEIS) de 2004 até 2013, Academia de Karaté do Mestre Roberto, na cruz vermelha, rua Ubaldino do Amaral de 2007 até 2015 e Academia Malhação, na rua da Alfândega de 2008 até 2010, dentre outras. E desde 2013, passou a ter o seu próprio centro de treinamento, o CTAM ARENA da LUTA.

    Cursos que detém:

    CREF PROVISIONADO (2004), curso que era obrigatório há época, para que os professores de Lutas e Artes Marciais, pudessem dar aulas, e foi totalmente ministrado e supervisionado pelo Conselho Regional de Educação Física do Rio de Janeiro (CREF RJ), que legitimava a profissão de professor de Lutas e Artes Marciais;

    Curso de Primeiro Socorros;

    Cursos de Arbitragem no Jiu Jitsu, pela CBJJ em 2012 e pela CBJJO em 2014;

    Curso pela Prefeitura do Rio de janeiro, para ter a chancela do Secretário de Esportes da Prefeitura, para poder dar aulas em escolas públicas, dentre outros.

    Como Competidor:

    Na Faixa Roxa, foi três vezes, sendo duas vezes consecutivas, campeão do Ranking da LERJJI (Liga do Estado do Rio de Janeiro de Jiu Jitsu), e na Faixa Marrom, uma vez campeão do Ranking da LERJJI;

    Da Faixa Roxa até a Marrom, participou de três seletivas de Mundias de Jiu Jitsu (De 2003 á 2005), dentre outras participações e títulos, em outros torneios e competições.

    Como professor e treinador de atletas:

    Formou até agora 10 Faixas Pretas, dentre diversos outros graduados, e dentre seus atletas tem: Campeões Estaduais, Brasileiros, Panamericanos, Sul-Americanos, 01 Campeão Mundial, de Opens e 01 Campeão Internacional Master, das seguintes entidades ( CBJJ, CBJJO, FJJRJ, FJJD ). E um de seus atletas já participou de um Mundial e de um Panamericano nos EUA e de um Europeu em Portugal.

  • Luiz Claudio - Jiu Jitsu Brasileiro

    Formado em Ciências Contábeis.

    Há 09 anos praticante de Jiu Jitsu Brasileiro, alcançando sua graduação de Faixa Preta em Outubro de 2015, aluno do professor Luiz Fernando Batista, integrante da Equipe LFTeam/GFTeam.

    Atualmente se dedicando à seus alunos e à treinamentos visando voltar às competições.

  • Anderson Lima - Krav Magá - Escola Bukan - Defesa Pessoal

    Técnico e professor em Radiologia.

    Há 05 anos na prática do Krav Magá, instrutor formado pelo Grão MESTRE YARON LICHTENSTEIN e pelo Sensei ROTEM LICHTENSTEIN, aluno do Professor MÁRCIO BARROS.

    CURSOS COMPLEMENTARES:

    Caminhada com Quatro mil chutes - 18 de março de 2012 - Aterro do Flamengo - RJ

    Curso para Instrutor - 08 a 16 de dezembro de 2014 - Templo da Escola Bukan - RJ

    Treinamento Especial: Ataque e Defesa contra arma de fogo, faca e bastão - 10 a 12 de julho de 2015 - Brasília - DF

    Treinamento Especial: \\\'\\\'De volta as origens\\\'\\\'(situações reais do cotidiano) - 04 a 06 de dezembro 2015 - Cabo Frio - RJ

    Curso para Instrução de Ataque e defesa com faca - Fevereiro de 2016 - Templo da Escola Bukan - RJ

    Durante 06 anos, praticou Capoeira, no Abadá Capoeira, do Mestre Camisa.

    Aos 38 anos de idade, ainda busca o aprimoramento da sua técnica, sempre participando de seminários e eventos promovidos pela Escola Bukan.

    O ARTISTA MARCIAL DEVE ESTAR SEMPRE EM BUSCA DA PERFEIÇÃO, E ISTO SÓ SERÁ POSSÍVEL ATRAVÉS DE TREINOS E DA DOUTRINA DA SUA ARTE.

  • Lucio Flávio - Jiu Jitsu Brasileiro, Funcional para Lutas e Judô Adulto, Juvenil e Infantil.

    FORMAÇÃO


    • Licenciatura em Educação Física no Centro Universitário Celso Lisboa, concluído no 1º sementre de 2009.
    • Bacharel em Educação Física no centro Universítáro Celso Lisboa. Conclusão no 1º semestre de 2010.

    - Faixa Preta em Judô e Faixa Preta 3º Grau em Jiu Jitsu Brasileiro.

    INFORMAÇÕES ADICIONAIS


    Recebimento em 14 de agosto de 2012 de uma MOÇÃO DE LOUVOR E RECONHECIMENTO pelo vice presidente da Camara Municipal do Rio de janeiro , Vereador Leonel Brizola Neto.
    Conquistas como Técnico:
    3 classificações de atletas para representarem a seleção de judô do Brasil de base; 11 atletas em seleções de judô Estaduais, até 2012; MEMBRO DA COMISSÃO TÉCNICA DE 2012 DA FJERJ; CAMPEÃO BRASILEIRO DE JUDÔ DA CLASSE SUB 20 MASCULINA EM 2012, COMO TÉCNICO DA FJERJ; VICE-CAMPEÃO BRASILEIRO DE JUDÔ DA CLASSE SUB 20 FEMININA EM 2012, COMO TÉCNICO DA FJERJ.; 2 atletas campeões mundiais de jiu-jítsu em 2005 (JUVENIL MASCULINO AZUL E ADULTO FEMENINO); 1 ATLETA 3º COLOCADO NO MUNDIAL DE JIU-JÍTSU DE 2007 (JUVENIL MASCULINO AZUL).
    Aprovado no curso de arbitragem pela CBJJ e IBJJF com qualificação para árbitro, tanto nacional como internacional.

    Como Atleta no Judô entre os títulos mais importantes são: Duas participações em JUBS (2007 e 2010), sendo que em uma delas (2010) com a classificação de vice-campeão Brasileiro no JUBS (Brasileiro Universitário) pelo Centro Universitário Celso Lisboa;3 vezes campeão estadual universitário pelo Centro Universitário Celso Lisboa; 8 vezes campeão estadual por agremiação.
    Como Atleta no jiu-jitsu entre os títulos mais importantes estão: bicampeão mundial (2002 e 2005); vice campeão-brasileiro (2001 e 2005); 5 vezes campeão estadual.

  • Leandro Santos (Querosene) - CAPOEIRA-Grupo Artte Nobre

    Professor Leandro Santos, conhecido na Capoeira, como professor Querosene.

    Formação Acadêmica:

    Ensino Superior - Faculdades Unisuam - Educação Física (Cursando);

    Experiências Profissionais:

    Colégio Marista São José (2014);
    Colégio Tobias Barreto (2013);
    Colégio Nossa Senhora da Ressurreição - Tijuca (2013);
    Academia Djan Madruga - Recreio (2006 á 2007);
    Instituto Isabel - Tijuca (2005);
    Creche Jeito de ser - Tijuca (2005);
    Cemes - Grajaú (2002 á 2004);
    Cia. Carioca de Dança e Arte - Méier (2000 á 2003);
    A.D.L - Centro (2002);
    Colégio Paulo VI - Méier (2001);
    Academia Universo Atlético - Botafogo (2000).

    Experiências Internacionais:

    Hotel Barceló - República Dominicana;
    Meliá Resort - República Dominicana;
    Paradiso Punha Cana - República Dominicana;
    Academia Holmes Place - Portugal;
    Havana Velha - Rússia.

    Cursos:

    Curso extracurricular de Ed. Física Escolar e Recreativa - (UCB);
    Curso de Traumas e Lesões - (FCDRJ);
    Curso de Psicomotricidade - (UFRJ);
    Curso de Alongamento para Qualidade de Vida - (Estácio de Sá);
    Curso de Primeiros Socorros - (UFRJ).

    Começou na capoeira em 1995 com 16 anos com o Instrutor Carlinhos Aidê do grupo Capoeira Brasil e depois de três anos foi treinar com mestre Grilo com quem continua até hoje. Começoui a dar aulas como Instrutor em 2000 desenvolvendo um trabalho em escolas e academias. A partir 2001 foi criado o Grupo Capoeira Artte Nobre ao qual pertence até hoje. Em 2005 me tornei Professor 1* grau corda Roxa. Participei de vários campeonatos: brasileiro, estadual e internacional.

    Tive a oportunidade de desenvolver alguns trabalhos também no exterior que começou na Republica Dominicana dando aulas e fazendo shows e depois fui para Rússia, Portugal, Alemanha e Espanha.

  • Edmundo de Jesus Andrade - Muay Thai e Boxe Inglês

    Professor de Muay Thai há mais de 25 anos, tem ainda 03 lutas amadoras e 08 profissionais, foi competidor de boxe 05 vezes. Graduado pela equipe Thai Center (Antiga Equipe Naja), na qual o Grão Mestre Narany e o Mestre Marcos Vidal são os fundadores. Professor em várias academias.

  • Leonardo Bindi - KARATÊ SHOTOKAN

    Praticante desde 1986

    Graduado faixa preta em 1997

    Graduado a 4º Dan em 2010

    Instrutor internacional outorgado pelo Saiko Shihan Hirokazu Kanazawa (primeiro campeão mundial de karatê e único aluno ainda vivo do fundador do estilo Gichin Funakoshi)

    Campeão Brasileiro de kata e Kumite pela SKIF-BRASIL (Shotokan Karate Internationational do Brasil)
    Campeão Brasileiro de kata e Kumite pela CBKI (Confederação Brasileira de karate Interestilos)
    Campeão Carioca de kata e Kumite pela FKIERJ (Federação de Karate Interestilos do Estado do Rio de Janeiro)
    3 vezes seguidas Campeão Master da Copa Pirai (RJ)

    Instrutor de karate da USKK (Universal Shotokan Karate Kiokay)

    Faixa preta registrado no Japão na SKIF (Shotokan karate International Federation)

    Qualificações técnicas:

    Curso de Arbitro Internacional –SKIF (2011)
    Curso de Instrutor Internacional da SKIF – SKIF (2012)

    Experiência profissional:

    Universal Shotokan Karate Kiokay

    Instrutor de Karate
    2004 - Atual

    Venho auxiliando meu mestre Roberto Mendes (6º Dan) nas aulas, ministrando aulas quando ele se encontra em viagens de aperfeiçoamento ou ministrando treinamentos em outras localidades em nome da SKIF.

    HEIWA SHOTOKAN KARATE CLUB
    Instrutor Convidado
    Durante os meses de Junho e Julho de 2015 estive em Londres – UK aonde visitando a Heiwa Karate, Dojo filiado à SKIF, ministrei treinamentos e participei de exames de faixa e competições infantis de karate através do convite das senseis Jackie Daly e Julie Mayes.


    Formação

    Universal Shotokan Karatê Kiokay
    Sensei Roberto Mendes
    4º Dan - 2010
    (Outorgado e reconhecido no Japão pelos shihan Manabu Murakami 7º Dan – Diretor da América do Sul da SKIF e Hirokazu Kanazawa 10º Dan – Presidente da SKIF)


    Universal Shotokan Karatê Kiokay
    Sensei Roberto Mendes
    3º Dan - 2007
    (Outorgado e reconhecido no Japão pelos shihan Manabu Murakami 7º Dan – Diretor da América do Sul da SKIF e Hirokazu Kanazawa 10º Dan – Presidente da SKIF)


    Instituto Ortodoxo Seishidokai
    Sensei Roberto Mendes
    2º Dan - 2005
    (FKIERJ – Banca presidida pelo Kyoshi – Teruô Furusho)

    Universal Clube de Artes Marciais
    Sensei Roberto Mendes
    1º Dan - 1997
    (FKIERJ – Banca presidida pelo Kyoshi – Teruô Furusho)

  • Rodolfo Nunez - Karatê Shinkyokushin

    Shodan Karate Shinkyokushin, ja pratica há 5 anos fullcontact karate, ajudou na preparação de 2 atletas que hoje são faixas pretas e integrantes da seleção brasileira, disputaram o estadual e o sul americano em 2011.
    Instrutor de karate desde 2014.
    Participante do Seminario de Karate com o Shihan Francisco Filho em 2012.

  • Carlos Maia (Prof. JIMMY) - SAMBO (VALE TUDO RUSSO)

    Formação:

    Professor de Educação Fisica – Universidade Gama Filho 1992
    Licenciatura e Bacharelado
    Instrutor de Judô
    Instrutor de Luta Olimpica (Wrestling) – Internacional FILA 2002
    Estilo Livre – Greco Romano e Feminino
    Instrutor /Mestre de Sambo e seus Estilos – FIAS
    Cursos em outros Países
    Argentina
    Colômbia
    Venezuela
    Rússia
    Técnico da Seleção Brasileira de SAMBO
    Responsável pelos cursos no Brasil
    Arbitragem
    Formação de Instrutores
    Representante (Presidente) nos Campeonatos:
    Mundial
    Russia
    St Petersburg (2008 – 2012 )
    Bielo Russia (2013)
    Japão (2014)
    Marrocos (2015)
    Pan Americano
    Panamá (2013 – Duas medalhas de Bronxe)
    Nicaragua (2014 - Duas Medalhas de Bronze)
    Paraguai (2016 – Uma medalha de Ouro, Duas de Prata e Duas de Bronze)
    Responsável pela excução no Evento Internacional Arnald Classic
    2014 Apresentação do esporte SAMBO
    2015 Evento teste de Sambo e seus estilos
    2016 Torneio de SAMBO Classificatório para o Pan americano

    Outras informações no site da Confederação Brasileira da Arte Sambo
    htpp://www.sambobrasil.com.br

    CMaia
    JIMMY TEAM SAMBO

  • Carlos Henrique MARRETA - BOXE INGLÊS